terça-feira, 4 de julho de 2017

Toda divisão é ilusão


Minha querida, queridos, 

Não existe vida profissional, vida pessoal, vida religiosa, ... 
Existe  vida e cada ser  pode fluir nela. A divisão é uma ilusão. Toda divisão é ilusão. Tudo é um único fluxo divino.

Minha família, meus amigos, ... Ilusão. A humanidade integra a grande família universal. Tudo no universo flui sustentado por padrões vibratórios interligados, sintonizados, em movimento. Como a conexão do dia com a noite, o fluir das estações, as flores, os frutos, as sementes... planta, flor, fruto, semente, planta, flor, fruto, semente...

Assim é. Assim sois vós... Não há o que temer... Imagine se a flor temer o fruto ou se a semente temer a árvore... O milagre está no fluir da vida. Vosso corpo sabe bem disso, sinta o movimento de vossa respiração, a sabedoria de vosso coração que pulsa na mesma sintonia da pulsação da terra e de todo universo.
Tudo é em cada célula.
Somos um. 

As arvores, os peixes, as flores, você, a Terra, o sol, as galáxias, Um.

Te amo.
Eu sou Jesus o Cristo. Um convosco em amor, luz.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Vamos celebrar o Wesak


Escrito Vesak, essa palavra origina-se do nome de um mês no calendário indiano. Também chamado de “O Festival de Buda”, essa é uma das festas mais importantes do calendário budista, pois comemora três eventos significativos na vida de Gautama Buddha: o seu aniversário, sua iluminação e seu falecimento. No período do Wesak budistas do mundo inteiro reúnem-se em meditação, a fim de reforçarem o desejo de ascensão espiritual. 

Nesta data, abre-se no Deserto de Gobi um imenso Portal Interdimensional e, segundo a tradição, Buda se materializa para expandir a Sua Luz para todo o planeta. O Wesak é celebrado também pelos seguidores dos ensinamentos dos mestres ascensionados por que é a celebração da ascensão.  

Festival Wesak acontece na lua cheia de Maio, ou seja, o plenilúnio no signo de Touro. Contudo, o Wesak é um evento vivo baseado nos ciclos da corrente astrológica por isso, em raras ocasiões realiza-se na Lua cheia de abril, devido ao fato de a época certa ser a da Lua cheia de Touro. A Lua no hinduísmo representa a mãe, a mente, e os processos de flutuação. Ora crescendo, estando plena, minguando, e ficando oculta. Exatamente como nossos processos mentais. 

Contam as escrituras que quando o príncipe Sidharta Gautama descobriu a sua espiritualidade percorreu um longo caminho até alcançar o estado de bem-aventurança, nirvana, deixando para trás todas as possibilidades que a fortuna material lhe oferecia para buscar a verdadeira paz de espírito, o equilíbrio mental, o amor, a tranquilidade do mundo interior. Um caminho que podemos seguir. Por isso o ritual é celebrando no plenilúnio, a lua se torna nossa guia. O grande farol.

O plenilúnio acontece quando a lua está cheia, poderosa reinando no céu, sem interferências. E vibrando no signo de Touro faz a conexão direta com a vida na matéria, é o signo das realizações no mundo material. No plenilúnio o sol (nosso astro rei, doador de vida) alinhado com a lua dirige uma força especial para o planeta, por isso é importante receber as energias deste momento. Quando a lua se mostra cheia é um momento de encontro consigo mesmo, com seu Eu de luz. 

Para os aprendizes da grande fraternidade branca esse dia é consagrado ao Amor Universal e ao GRANDE LORD MAITREYA. Neste dia é formada uma configuração astrológica especial, ou melhor, um triângulo esotérico no espaço por onde os todos os Mestres da Grande Hierarquia Espiritual do Planeta, de diferentes expressões religiosas, esotéricas e espiritualistas emanam Sua Força. É o grande renascimento da Alma. o coração e a mente se tornam mais abertos e receptivos às energias mais elevadas.

No Wesak, abre-se um tipo de canal, para a humanidade, que permite aos discípulos e iniciados entrar em contato com certas energias raramente disponíveis ou de difícil acesso.
Elas propiciam grandes expansões da consciência.
Em The Externalisation [sic] o/ the Hierarchy [A Exteriorização da Hierar­quia], de Alice Bailey, Djwhal Khul afirma que “é intenção do Buda e do Cristo que em todos os países haja finalmente alguém que atue como representante seu na época dos dois festivais, de modo que a distribuição de energia espiritual do primeiro grande aspecto ou raio se transfira do Buda para o Cristo e deste para os iniciados de toda parte que sejam capazes de receber a luz na qualidade de canais da corrente direta de energia”.

São  funções e objetivos do Festival Wesak:
1. Substanciar o fato da aparição física do Cristo na Terra;
2. Provar fisicamente que a solidariedade entre o Oriente e o Ocidente nos aproxima de Deus;
3. Formar um ponto de encontro e um local de reunião para aqueles que se ligam anualmente, em síntese e simbolicamente, e representam a casa do Pai, o reino de Deus e a humanidade
4. Demonstrar a natureza da obra do Cristo como o grande intermediário escolhido e líder da Hierarquia Espiritual, dos discípulos e dos iniciados da Terra.
 Liberar  transmissões de energia para a humanidade, que hão de estimular o espírito de amor, fraternidade e boa vontade.
 Propiciar a fusão de todos os homens e mulheres de boa vontade em um todo responsivo e integrado.
Invocar a resposta de certos seres cósmicos, uma vez alcançados os objetivos anteriores.
               
Finalizando trago uma última citação de Djwhal Khul sobre o Wesak, retirada de The Rays and the Initiations [Os Raios e as Inicia­ções], Livro II, de Alice Bailey: “Se tendes fé como um grão de semente de mostarda no que eu vos disse; se acreditais com firmeza na obra do Espírito de Deus e na Divindade do Homem, esquecei-vos de vós mesmos e consagrai todos os esforços, a partir do momento em que receberdes esta comunicação, à tarefa de colaborar com o esforço organizado de mudar a corrente dos assuntos pes­soais e do mundo e pelo crescimento do Espírito de Amor e de Boa Vontade no mundo durante o mês de maio.”

Algumas orientações para o período do Wesak

 No dia do Wesak –  A CELEBRAÇÃO 


Escolha e Prepare o ambiente: casa, jardim, sacada, quintal...  O ambiente deve estar enfeitado com flores; deve-se acender incensos e tudo deve estar bastante colorido. Tenha presentes os quarto elementos: 

Água - condutor da energia mental: cálice (s) com água.

Fogo - ativação do poder: acenda uma vela para os anjos guardiões.

Terra - trazer para o mundo material a concretização das suas idéias: tenha cristais, (se você comprar uma pedra especial, lave na água corrente, e deixe secar no luar).

Ar -  acenda incenso. 


Escolha roupas alegres:  as roupas, devem ser bastante coloridas, evitando-se as cores escuras e o branco. O dia do plenilúnio é o grande dia. Tome o banho ritualístico com alfazema, rosa branca e hibisco (em substituição, pode ser utilizada a essência de lírio, lótus, almíscar ou rosa branca).


Alimentos:  Neste dia evite comer carne, ou qualquer alimento advindo de um sacrifício. Deve-se ingerir somente dádivas da natureza, principalmente o mel. 


Orações e ritualísticas: Faça orações, mantras e ritualísticas especiais para estar em sintonia com essa linda celebração. Veja algumas propostas nos links a seguir:





Dias de distribuição - durante três dias após o Wesak


Nesses dias as energias do Wesak são distribuídas, de forma consciente, em benefício de toda a humanidade. Devemos expandir e projetar para toda a humanidade a energia em nós armazenada. Procurar manter nestes dias de distribuição,  preceitos dos dias iniciais, a saber:

Purificação do corpo físico: buscar abster-se de carnes, fumo, álcool, drogas e sexo, durante os três dias que antecedem à cerimônia. Nestes dias é aconselhável também tomar banhos ritualísticos com três ervas de proteção, limpeza e purificação.


Purificação das palavras: É importante “guardar as palavras”, evitando-se conversas e palavras inúteis e ociosas, tagarelices e hipocrisias. 


Meditação e Oração: Busque silenciar a mente. Dedique algum tempo para estar em constato consigo mesmo. Medite em sintonia com os mestres, anjos e seres de luz. Faça preces, orações e mantras de sua predileção.


Respiração: respire. Esteja atento e consciente de sua respiração. O frescor do ar tudo limpa e renova cura e salva.


Compaixão: busque honrar tudo que há em você. Paz nasce da plena aceitação de si. Buda disse: “se a sua compaixão não inclui você mesmo ela é incompleta.” Jesus disse: amai ao próximo como a si mesmo.


Serviço: Procure dedicar-se ao serviço com amor altruístico e permanecer com sentimentos elevados, nobres e puros, o que significa, simplesmente, manter-se no nível do nosso Eu Superior.



Fonte:


Referencias: 
http://klaraluz.blogspot.com.br/2015/04/wesak-um-imenso-portal-de-luz.html

http://dharmadhannyael.blogspot.com.br/2016/04/o-festival-do-wesak-lua-cheia-de-touro.html
http://animamundhy.com.br/blog/wesak-2013-festa-shamballa-grande-fraternidade-branca
http://www.templodovaledosoledalua.org.br/artigos-e-textos/festival-de-wesak/

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Abertura: Eu Sou. Somos Um.


Amados mestres estou aqui em abertura para receber. 
Então pegue seu material e vamos escrever.

Vos sabeis, há muito a ser feito. Cada instante que os discípulos da luz  dispõem para  contribuir é muito precioso. Não tenhais dúvidas, medo, ou ambição alguma em relação as palavras que trazemos a vós. Não há nada de tão especial nelas. Os maiores ensinamentos ja foram dispensados a Terra e seus habitantes deste tempos remotos. O próprio Evangelho, os Sutras, os Mantras, o Bhagavad Gita, os poemas de Rumi, enfim, os diversos textos sagrados, nas mais diferentes culturas, apresentam os mesmos ensinamentos primordiais que hoje trazemos a vós por meio das diferentes canalizações. 

Então, estais a perguntar, por que é necessário dizer novamente?
Para que as mensagens se atualizem a cada dia em cada tempo, local e cultura. Para tocar e ativar a memória, para favorecer o despertar de consciências de novos servidores da luz, que, às vezes , se distanciam dos propósitos divinos com os quais se comprometeram. Para tocar com frescor de palavra nova os corações endurecidos pelas vicissitudes experimentadas na trajetória terrena. Mas, acima de tudo, cada canalização que chega a vós, que chega na Terra através de cada discípulo da luz, traz a mais alta vibração e potência dos seres ascensos, que se comunicam convosco. 
Essa é a maior força de cada canalização: a frequência vibratória que entra na Terra por meio da conexão discipulo-mestre, dos seres encarnados com seres ascensos. É nessa conexão que  as transmutações vibracionais da Terra e de todos seres que nela vivem  podem ser elevadas mais rapidamente. Entenda, quando digo rapidamente não ha aqui uma relação temporal e sim de aceleração vibracional  a níveis mais sutis. 

Ao receberdes a presença de um ser de luz em uma canalização,  conexão consciente, presente,  o canalizador e o mestre são Um  e ao mesmo tempo são três  em unidade. Tal qual a trindade pai-filho-espirito-santo, mestre- discípulo-inspiração/informação/verdade vibracional divina. Três-Um. A unidade e a força não as palavras ou o texto. A força do texto de uma mensagem está em sua qualidade vibracional que só é possível por meio da presença consciente nessa tríade. Por isso vos digo amada (o),  não há motivo para dúvidas, vaidades ou medo diante dos momentos de canalização. É necessário apenas abertura e presença consciente. Esses sentimentos humanos são perfeitamente compreensíveis e estarão presentes, mas, a forca maior está na unidade e na vibração divina/sutil que se expande  neste processo.  
Então, querida (o), observais que quanto maior o numero de pessoas recebendo canalizações, maior o numero de portais luminosos dessa unidade trina na Terra; maior será também o número de pessoas que, em conexão com os seres de luz, estarão expandindo a chama trina em seus corações; maior a quantidade de pontos de luz integrando a egregora divina da Terra no fluxo evolutivo de sua ascenção, na mudança vibracional desse amado e belo planeta. 
Nesse sentido, não é tão importante se o texto canalizado será publicado ou não, se tem incorreções  linguisticas ou não, pois a potência vibracional da unidade divina ja se deu na conexão. 

( pausa para expressar /vibrar / respirar gratidão)
Gratidão! Gratidão! Gratidão! Gratidão! Gratidão! Gratidão! Gratidão! Gratidão! 

Querida, te amo, sou grato! Conheço as questões e inquietudes de vossa mente. (risos) Amo-te exatamente assim, como és! ... Continuemos com a resposta  à questão da disponibilização publica das canalizações.

Quando os discípulos da luz , por suas repetidas  experiências de canalização ou por sua escolha de propósito de vida, ja estão em condições de receber canalizações  mais elaboradas do ponto de vista de decodificação e expressão das informações da fonte, temos textos que são publicados e têm diferentes alcances na cultura humana. Alguns desses textos, algumas obras, alcançarão, dez, outras  cem, outras mil ou milhões de seres na Terra e poderão potencializar em outras pessoas a mesma   abertura para recepção, escuta  e conexão com a fonte, com a presença divina que é em cada ser;  que por sua vez poderão trazer novas canalizações com mais informações, em um ciclo infinito de luz e evolução ascensional. Esse processo está se intensificando neste tempo, então, acolhei com abertura as informações divinas presentes em vós: pode ser uma palavra, uma frase, um texto, uma obra: a conexão em unidade  com o coração de Deus, a vibração divina está manifesta. Assim é.

Te amo querida (o), Sou grato.  Te amo. Sou grato.  Te amo. Sou grato.  Infinitamente, por toda eternidade.
Eu Sou. Eu Sou. Eu Sou. 

Eu Sou Jesus o Cristo, sempre convosco, em vós.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Mestre, ensina-me a amar como vós.


Hoje minha querida, meus queridos, eu quero lhe falar sobre o amor divino, essa força que jorra abundantemente, infinitamente sobre todos vós, em todo o universo.

O amor é a vibração que une, que imanta tudo o que existe no universo e torna possível todas as realizações divinas. Portanto, é pelo amor que os átomos se aglutinam e formam tudo o que se materializa. É pelo amor que os elementos da natureza em vosso planeta se organizam em formas tão belas e diversas, é pelo amor que a vida se manifesta e se eterniza. 

O amor é uma vibração presente em todos vós, pois, se estais vivos, se vosso coração  pulsa é pelo amor divino que está em vós.
Portanto, minha querida, meus queridos,  quando pedis "amado mestre, me ensine a amar como vós", na verdade deveríeis pedir: amado mestre ensina-me a manifestar aqui-agora todo amor que vibra em mim para que, em sintonia com todos os seres da Terra, eu expresse o Ser que Eu Sou. 

Vós sois uma centelha de amor e luz oriunda do coração de Deus. Então, Deus é em vós. E, o único caminho é o amor.
Inicieis cada manhã levando vossa atenção à chama trina em vosso coração, sentis essa vibração. Conscientemente, respirai e observai como essa vibração é presente em todas as células de vosso corpo fisico. 

Acolhei com compaixão, generosidade e paz tudo que há em vós. Respirai e permiti que se manifeste e se amplie em vós a sensação do amor que pulsa em cada célula de vosso ser e, consciente dessa vibração, presente nesta vibração, seguis desenvolvendo as atividades do seu dia. Vereis como o amor se manifestará e se ampliará em vossas ações.

Eu Sou convosco em amor e Luz.
Eu Sou Jesus o Cristo.

Senhor que eu tenha olhos para ver, ouvidos para ouvir, inteligência para compreender e amor para acolher e aceitar sem julgar. Eu te amo e sou grata! 

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Mensagem dos mestres


Meus queridos,
Minhas queridas,

O amor divino é força radiante que jorra infinitamente no universo e sobre cada um de vós. Na presença desse amor saúdo-vos com reverencia e gratidão.

Toda orde celeste saúda com reverência e gratidão todos os discípulos da luz, seres encarnados que se disponibilizaram a estar novamente neste belo planeta em prol da realização do plano divino na Terra.

Nós vos amamos e somos gratos.  É muito importante que isso seja acolhido por vós: nos vos amamos e somos gratos.

Muitas vezes diante da condição humana tendes esquecido da luz que sois, da beleza que sois, da grandiosidade que é a vossa presença neste planeta, consciente dos serviços que deveis prestar para expansão da luz e do amor. Jamais menosprezai o que sois e as ações que são por vós realizadas. Todas elas, mesmo aquelas que vos parecem pequenas, quando realizadas em sintonia com a expressão de luz e amor de vosso ser, são maravilhosos mananciais de luz e amor para todo o planeta.
Vós estais exatamente onde deveríeis estar. Acolhei com reverência tudo que sois, o ser divino que sois e, em unidade com o Pai, com a fonte universal da vida e do amor, expandi vossa luz. 

Lembrai sempre: nós vos amamos e somos muito gratos pelo serviço prestado à luz na expressão de vosso ser. Somos Um.

Se o cansaço, a desilusão, um sentimento de inferioridade ou de desvalia se abaterem sobre vós, lembrai:  Eu vos amo. Nós, seres da orde celeste, mestres ascensos e toda egregora da Grande  Fraternidade Branca vos amamos e somos muito gratos pelo serviço prestado à luz na expressão de vosso ser. Somos Um.

Eu Sou em Vós. Eu Sou Jesus o Cristo sempre em amor e misericórdia. Sempre presente na Terra na vibração cristica de vossos corações. 

Vós sois muito amados. Nos somos um convosco, somos presença em vós exatamente onde estais. Acolhei vossa divindade, vossa luz.
Coro de mestres da Grande Fraternidade Branca.

sábado, 30 de abril de 2016

APELO PARA OBTER O MANTO DE LUZ DE SAINT GERMAIN




Ó! Deus Todo-Poderoso presente em meu coração! Ó! Bem-Amado Saint Germain, cercai-me com Vossa luz, que ela seja tão forte que me torne invisível a toda força maléfica que tentar me atacar. Que ela aumente e se consolide, formando um manto que me proteja e me envolva para sempre.
EU SOU! EU SOU! EU SOU!
Eu Vos agradeço, ó! Bem-Amado Saint Germain, pelo atendimento deste apelo. 

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Sobre a vaidade, o orgulho e o medo


Amados e queridos, 

Sabeis que somos um. Eu Sou em vós. Vós sois em mim. As vibrações de luz e amor do Pai, do Uno nos  faz  Um. Tenhais sempre consciência da unicidade do universo. 

Se disso estais cientes, não há vaidade, orgulho ou medo. Essas expressões humanas são fruto da dualidade, da ilusão da separação. Apenas isso.

É natural e compreensível que na experiência humana vivencies essas emoções. Deus se expressa na Terra por meio de individualidades. Esse processo de individualização traz em si a ilusão da separatividade. Contudo, na medida em que avançais em vosso processo evolutivo os véus da ilusão começam a se diluir e cada vez mais podeis estar em verdade, podeis divisar conscientemente a verdade de vosso ser e retornar ao estado de unicidade.

Acolhei e aceitai tudo em vós, orgulho, vaidade, medo... Segui em frente em vossa caminhada. Estamos convosco e sabemos que a cada passo estais mais libertos da ilusões. Esse é o processo, permitir que a verdade se manifeste livre e delicadamente, no tempo certo de Deus. No tempo certo de vosso percurso evolutivo que é único, singular. 

Entrega-te e confie.

Eu Sou em vós. Vós sois em mim. Somos Um.
Eu vos amo por toda eternidade.
Eu Sou vosso mestre querido. Jesus, o cristo.